O Convite do Casamento: Um sinistro recado

20:16:00



AS MULHERES são lindas (mentira: nem todas são lindas, mas para fins argumentativos, etc, continuemos). Elas são lindas, as mulheres. Nem sempre estão esplêndidas (nós nunca estamos), mas entendemos: é o cotidiano, é o dia-a-dia, é o Facebook. Não há problema e não há ironia alguma. Elas são lindas quando vão ao mercado. Elas são lindas quando vão à padaria. Elas são lindas quando chegam com as sacolas e estão lindas quando resolvem começar a dieta na segunda-feira ou pesquisar sobre as tais 'gotas inteligentes' dos shampoos...

Elas, enfim, são como são: mulheres e, até prova em contrário, lindas. Até que recebem um convite de casamento. E quando uma mulher recebe um convite de casamento ela não recebe um convite: ela (acredita piamente que) recebe uma ameaça. Um insulto. Um sinistro recado. E sejam solteiras ou casadas, feministas ou inteligentes, todas fazem a mesma coisa: meticulosamente enfeiam-se a si próprias com as tinturas, os penteados, as maquiagens e os vestidos mais esquisitos e espalhafatosos que existem. É quase como se estivessem reagindo: "Vai se casar?! Pois você terá bonecas assustadoras na sua festa". E não importa se é solteira (sente-se magoada por ainda não ter sido a eleita ou a eleitora de alguém) ou se é casada (sente-se magoada porque não pode se casar uma outra vez, e outra e mais outra, e quantas vezes for necessário para que se sinta a eleita ou a eleitora de alguém). O que importa é que fico realmente surpreso quando vou a casamentos. As mulheres rebocam as faces de um tal modo que só pode mesmo ser uma das duas alternativas: ou estão prontas para um atentado terrorista, ou têm o palhaço Bozo como personal stylist. Senhoras e senhoritas: menos é mais.


(Gustavo Nogy)


You Might Also Like

1 comentários

Visualizações

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe